Censo Demográfico percorrerá 72 Terras Indígenas de MT a partir de 20 de agosto

Ao todo, 92 municípios mato-grossenses possuem localidades indígenas e terão informações levantadas.

Censo Demográfico 2022 começou em 1º de agosto. — Foto: IBGE

O Censo Demográfico 2022 em localidades indígenas em Mato Grosso vai começar no dia 20 de agosto. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o mapeamento identificou 72 terras indígenas recenseáveis no estado.

O levantamento ainda verificou 575 agrupamentos indígenas, que são o conjunto de 15 ou mais indivíduos em uma ou mais moradias contíguas até 50 metros de distância e que estabelecem vínculos familiares ou comunitários, além de 154 localidades indígenas que ficam em 92 municípios do estado.

Conforme o IBGE, o total de pessoas entrevistadas será divulgado com os resultados do Censo 2022.

Em todo o estado vão trabalhar 3.103 recenseadores na coleta do Censo. O planejamento é que 103 pessoas atuem em áreas indígenas.

Confira os municípios de Mato Grosso com localidades indígenas:

Água Boa, Alta Floresta, Alto Boa Vista, Alto Paraguai, Apiacás, Aripuanã, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, Barra do Garças, Bom Jesus do Araguaia, Brasnorte, Cáceres, Campinápolis, Campo Novo do Parecis, Campo Verde, Campos de Júlio, Canabrava do Norte, Canarana, Castanheira, Cocalinho, Colider, Colniza, Comodoro, Confresa, Conquista D’Oeste, Cotriguaçu, Cuiabá, Denise, Diamantino, Feliz Natal, Gaúcha do Norte, General Carneiro, Guarantã do Norte, Guiratinga, Jangada, Jauru, Juará, Juína, Juruena, Juscimeira, Luciara, Marcelândia, Matupá, Nobres, Nortelândia, Nova Bandeirantes, Nova Canãa do Norte, Nova Lacerda, Nova Marilândia, Nova Maringá, Nova Mutum, Nova Nazaré, Nova Ubiratã, Nova Xavantina, Novo Santo Antônio, Novo São Joaquim, Paranaitá, Paranatinga, Pedra Preta, Peixoto de Azevedo, Planalto da Serra, Poconé, Pontal do Araguaia, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Porto Esperidião, Poxoréo, Primavera do Leste, Querência, Reserva do Cabaçal, Ribeirão Cascalheira, Rondolândia, Rondonópolis, Rosário Oeste, Santa Carmem, Santa Cruz do Xingu, Santa Rita do Trivelato, Santa Terezinha, Santo Afonso, Santo Antônio do Leverger, Santo Antônio do Leste, São Félix do Araguaia, São José do Xingu, Sapezal, Serra Nova Dourada, Sinop, Tabaporã, Tangará da Serra, Tesouro, União do Sul, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.


Fonte: g1 MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui